domingo, outubro 17, 2004

Iraniana de 13 anos condenada à morte

O regime teocrático iraniano está cada vez pior. Se há relativamente pouco tempo havia esperanças de que os moderados conseguissem de algum modo suavizar o clima de opressão, nos últimos tempos os conservadores têm conseguido impor a sua lei (ver o que se passou nas últimas eleições iranianas).

Agora, leio a notícia de uma iraniana de 13 anos foi condenada à morte por lapidação por ter tido relações sexuais com o seu irmão de 12 que, por sua vez, foi condenado a receber 180 chibatadas, sendo ambas as condenações decretadas de acordo com a charia.

Quando é que vamos deixar de receber notícias deste género.