segunda-feira, dezembro 20, 2004

O ferrabrás

Esta história da co-incineração é um verdadeiro conto de coragem de ferrabrás. E porquê?

Porque ele sabe perfeitamente que vai dar a imagem de um homem que não cede aos princípios por questões eleitorais, que se arrisca a perder votos por essas questões de princípios, quando sabe perfeitamente que esta questão o fará perder apenas alguns, se calhar, não muitos, votos naquela zona e nada mais.

E, pronto, assim se fica com a fama de homem de princípios.

Post scriptum. É claro que se fosse, digamos, Lisboa em questão, outro galo cantaria.