sexta-feira, dezembro 10, 2004

O que vai mal no Iraque

Embora não sendo eu, à partida, um crítico da intervenção militar americana no Iraque, para além do terrorismo há um problema muito mais grave (e que, ao contrário do terrorismo, demorará muito mais a ser resolvido) que se tem agravado depois da intervenção: o estatuto da mulher.

A leitura deste artigo é perfeitamente esclarecedora do que está acontecer actualmente no Iraque. A situação das mulheres iraquianas está a degradar-se rápida e progressivamente.

Eu sei que a situação iraquiana é complexa, mas talvez se pudesse algo para evitar uma regressão. A democracia também é feita de direitos e deveres iguais para todos. Será que os americanos estão interessados apenas numa democracia formal?