domingo, janeiro 30, 2005

As sementes do ódio

Uma ONG norte-americana, Freedom House, através do seu Center for Religious Freedoom acusa a Arábia Saudita de propagandear o ódio nas mesquitas dos Estados Unidos, segundo o seu relatório Saudi publication on hate ideology fill American Mosques, publicado na passada sexta-feira.

Os sítios Little Green Footballs e Laïc Info fazem um resumo dos pontos principais da acusação aos sauditas.

Sem dúvida que um dos problemas fulcrais do terrorismo islâmico tem origem na Península Arábica. Considerações geo-políticas não têm permitido enfrentar este problema, mas talvez seja altura das democracias ocidentais deixarem-se de paninhos quentes.