sexta-feira, janeiro 28, 2005

Sondagens

Toda a gente sabe que elas valem o que valem e que, depois, no dia das eleições, as pessoas indecisas costumam raciocinar de modo diferente quando vão votar. Afinal, por exemplo, embora não me tivesse na altura preocupado muito com o assunto (sabia que nunca votaria no Fernando Gomes), não conheço sondagem que tenha dado vitória ao Rui Rio aqui no Porto nas últimas autárquicas.

De qualquer modo, apesar de não me fiar muito nelas, parace-me altamente errado atacá-las como o fez Santana Lopes. Não sei se não será mesmo contraproducente, pois parece a birra de um menino com mau perder.

Numa metáfora futebolística, o jogo ainda vai a meio e não são os assobios do público e da claque adversária que podem impedir uma equipa de ganhar. Santana têm é que jogar bem e, neste caso, não se esquecer que o seu principal adversário é o PS e ninguém mais. Todos os outros não contam para o Totobola.