sexta-feira, janeiro 14, 2005

Troca-tintas

Dizer hoje uma coisa e amanhã o seu contrário sempre foi uma especialidade do nosso querido PS. José Sócrates só nos quis, para quem o duvidasse, provar que esta impressão era absolutamente verdadeira e por isso afirmou que se o PS fosse governo não iria repor os benefícios fiscais retirados pelo Orçamento aprovado para 2005.

É claro que eu nunca tive dúvidas disso. Em conversa com várias pessoas, afirmei que isto iria acontecer se eles fossem governo. E é fácil perceber porquê. Não ficaram com o ónus pela tomada das medidas e, agora que elas já estão tomadas, dão uma desculpa esfarrapada e, hop!, para a frente é que é o caminho.

Mas, a gente lembra-se que há um mês atrás isto era um ataque intolerável à classe média. Como é que de "intolerável" passou a "tolerável" por via de uma recém-descoberta "estabilidade fiscal" ?

Só posso dizer, se o PS for governo, "be afraid... be very afraid".

2 Comments:

Blogger António Viriato said...

A incongruência está bem apanhada. Mas o que faz o be afraid aqui ? Com esta mania de, por tudo e por nada, salpicar o discurso de termos ingleses acabaremos a falar uma espécie de portinlgês. Será isto menos criticável do que a prática do portunhol ?

1/14/2005 10:16:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já conhecem o http://www.portugalsempre.com ? Fazia-vos bem dar por lá uma saltada descomplexada!

1/16/2005 03:51:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home