terça-feira, fevereiro 08, 2005

Cavaco e as presidenciais - parte 2

Ao que parece, Cavaco já mandou desmentir a notícia de capa do Público que dava conta da preferência dele por uma vitória do PS com maioria absoluta.

Ainda bem, mas nada do que eu disse no artigo anterior deixa de ter validade. Só votarei nele se for estritamente necessário para derrotar a esquerda. Aliás porque as movimentações para um possível pós-20 de Fevereiro no PSD são reais. Espero é que as eleições lhes façam sair o tiro pela culatra.

A este propósito, para ainda outras perspectivas sobre o mesmo assunto, a leitura de duas entradas sobre o mesmo assunto.

Post scriptum. Será que o Público dará o mesmo destaque ao desmentido como deu a insinuação? Duvido, afinal é um jornal de referência.