sexta-feira, junho 10, 2005

No dia de Camões...

ESPARSA SUA
AO DESCONCERTO DO MUNDO

Os bons vi sempre passar
no mundo graves tormentos;
e, para mais m'espantar,
os maus vi sempre nadar
em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim
o bem tão mal ordenado,
fui mau; mas fui castigado.
Assim que só para mim
anda o mundo concertado