sexta-feira, novembro 26, 2004

Viva o marxismo-leninismo! (ainda há quem diga isto)

Ontem, relembrei aqui o 25 de Novembro de 1975, hoje, ao ouvir a mensagem de Álvaro Cunhal ao congresso do PCP, parecia-me ter recuado ainda para trás desta data.

Realmente, há pessoas que nunca mudam, Cunhal nunca mudará. E isso, neste caso, não é qualidade nenhuma...