quarta-feira, fevereiro 02, 2005

JN de novo

Não me querendo transformar numa espécia de JN watch, volto ao assunto do meu artigo anterior só para dar duas notas:

1. Como eu supunha, na página 23 onde trata de uma notícia relacionada com a Palestina, a versão do exército israelita não apareceu hoje no jornal. Sendo assim, as pessoas que apenas conheceram o caso pela edição de ontem do jornal ficaram com a ideia de "israelitas = assassinos". Enfim...

2. Esta não tem que ver apenas com o JN, mas com os media em geral, porque aconteceu com vários em todo o mundo. Estou a falar do suposto soldado americano que terá sido feito prisioneiro por "resistentes" iraquianos e que também aparece no JN de hoje, ao fundo da página 24 (sem hiperligação). Ora, ontem, ao fim da tarde já blogs como o Little Green Footballs já tinham desmontado a brincadeira. Afinal não passava de uma fotografia de um brinquedo tipo "Action Man", fabricado pela Dragon Models USA Inc. O JN dá a notícia hoje, mas eu ontem ao início da noite já tinha conhecimento da marosca. Será que não há tempo nos jornais para confirmar certas notícias?

Mais uma vez, as competências e conhecimentos interdisciplinares (que palavrão, não é?) dos bloggers levam a melhor sobre os jornalistas. Mas, se calhar, neste aspecto, posso estar a ser injusto com os jornalistas, pois eles nunca conseguirão ter os conhecimentos específicos e gerais de uma comunidades de muitos milhões de pessoas espalahadas pelo mundo.