quarta-feira, janeiro 11, 2006

Casa Fernando Pessoa

A notícia já é de ontem, mas não queria deixar de dar os meus parabéns ao Francisco José Viegas pela sua nomeação como próximo director da Casa Fernando Pessoa.

Há, todavia, na notícia da Lusa uma pequena frase que me faz alguma confusão (ou serei eu que estou a ver demais?). Nesta notícia, depois de dar alguns dados biográficos e curriculares de FJV, é dito o seguinte (destaque meu):
Foi director durante 12 anos da revista Ler do Círculo de Leitores, dirigiu também a revista Grande Reportagem e apresentou programas de televisão sobre literatura.

É autor de romance, conto, teatro, poesia e texto de viagem.

Os seus romances inserem-se no âmbito do romance policial.
E é esta última frase que me faz alguma espécie. E porquê? Por um lado, porque de todos os "géneros" mencionados, apenas o romance tem uma classificação: "policial". E as minhas dúvidas estão mesmo aqui.

Haverá neste caso uma vontade de esclarecimento, de apenas dar um dado factual? E já agora, o porquê de um parágrafo isolado? No entanto, não há nenhuma outra classificação no que se refere aos outros géneros mencionados.

E aí entra a minha dúvida maldosa. Será para informar os leitores que os seus romances são afinal romances de um subgénero, de uma literatura dita "inferior", ou seja, de um género menor?

Se calhar estou mesmo só a ser mauzinho, mas não posso deixar de dizer que quando li o texto isto foi a primeira coisa que me veio à cabeça.