segunda-feira, novembro 29, 2004

Comunismo democrático?????

No Jornal de Notícias de hoje, Edgar Correia, falando sobre o 17º Congresso do PCP, termina assim o seu artigo (destaque meu):

O grupo que se constituiu para impedir o "Novo Impulso" e tomar de assalto a direcção consuma assim no "congresso" de Almada a ruptura definitiva no PCP. Mas com isso clarifica a situação no campo comunista os caminhos do estalinismo e do comunismo democrático separam-se aqui.

Perdoem-me a pergunta: comunismo democrático? que raio de coisa é essa? Não há aqui uma verdadeira contradição nos seus próprios termos?

Seria bom que Edgar Correia nos explicasse o que é isso de comunismo democrático. Parece-me uma tarefa ingente, mas pode ser que ele se desenvencilhe.

3 Comments:

Blogger aba said...

Apesar do sarcasmo do post, estou seguro que o meu caro tem a noção daquilo que devemos a alguns comunistas democratas.. nomeadamente a possibilidade de hoje podermos dizer e escrever o que nos passa pela tola - com senso ou sem ele..
Claro que há comunismo democrático - o que se afirma pelos votos, como é o caso em apreço!
O que é substancialmente diferente do Comunismo que sugere..
Não há Terceira Via? :)

11/29/2004 06:53:00 da tarde  
Blogger Rui Oliveira said...

Continuo a pensar que comunismo democrático é um paradoxo.

Se devo alguma coisa aos comunitas (democráticos ou não)? Não sei.

Sei que depois do derrube da ditadura, os comunistas tentaram substituir uma ditadura por outra e foi preciso impedi-los. Lembre-se do 25 de Novembro.

Embora muito jovem, lembro-me bem dos anos de 74 e 75, da agitação e da luta política. A liberdade deve-se muito aqueles que nesses anos impediram o assalto ao poder por parte da esquerda revolucionária. Inclusive participei em muitos comícios, como por exemplo aquele do PSD no estádio das Antas com o Emídio Guerreiro.

Por isso não me parece que aqueles que eu deva muito a quem tentou substituir uma ditadura por outra (provavelmente bem pior).

11/29/2004 07:56:00 da tarde  
Blogger aba said...

Ok, Rui!
Apreciações pessoais àparte, é óbvio que há duas correntes dentro do PC, os ortodoxos e os moderados.
Uma vez que EC não se enquadra nos primeiros, deixa a farpa, quanto mais não seja para vincar a diferença entre revolução e evolução! ;)
Abraço

11/30/2004 01:29:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home